Viver o presente ou pensar no futuro?

Primeiramente, o título do post é uma pergunta, pois se não o fosse, eu escreveria:

  • Aproveite o presente e não pense no futuro
  • Pense no futuro e abra mão do presente

Há quem diga que a melhor estratégia de vida é vivenciar cada momento, aproveitando cada centavo ganho, trabalhando menos, sem se preocupar muito com o futuro, pois “o futuro a Deus pertence”. Vamos chamar essas de
Pessoas do Presente.

Outras pessoas preferem viver uma vida mais regrada, economizando dinheiro, trabalhando mais, com o objetivo de conquistar um futuro mais tranquilo. Essas são as Pessoas do Futuro.

Também existem pessoas que dizem que o segredo da vida é o equilíbrio. Guarde parte do seu dinheiro, mas parte dele invista em uma viagem que você realmente deseja. Trabalhe de forma que você tenha tempo para fazer coisas que você goste, como praticar uma atividade física. E por aí vai… Podemos chamá-las de Pessoas Equilibradas.

Para as três estratégias de vida, ou os três tipos de pessoas, existem pontos positivos e pontos negativos. Por exemplo, a pessoa do presente pode ter dificuldades financeiras no futuro, pois não tem mais a saúde necessária para trabalhar. A pessoa do futuro, pode ter acumulado um patrimônio inútil, pois não tem mais saúde para aproveitá-lo. Já a pessoa equilibrada, pode viver uma vida medíocre mediana, deixando de aproveitar intensamente o presente e, ao mesmo tempo, não conseguindo economizar o suficiente para uma velhice confortável.

Seria interessante identificar cada uma das implicações dessas estratégias de vida. Assim, criar um modelo que ajude as pessoas a decidirem qual estratégia elas entendem como a mais adequada. Veja um rascunho do modelo a seguir.

Ajudem nos comentários, quais implicações você enxerga em cada uma dessas estratégias de vida?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of